Fundação de Ciência e Tecnologia
Bem-Vindo!
4 de Abril de 2020, 10:58
Siga-nosCientec RSSCientec no Twitter
Página Inicial  >  Notícias  >  Mercadante lista desafios para
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Notícias

Mercadante lista desafios para o Cemaden


Com a reforma ministerial anunciada pelo governo Federal, o próximo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação encontrará uma lista de desafios assim que assumir o cargo. Marco Antonio Raupp terá que dar andamento à estruturação do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden).

Em visita às instalações do centro, em Cachoeira Paulista (SP), o até então ministro Aloizio Mercadante destacou os próximos passos para aperfeiçoar o sistema de alertas. Segundo ele, é preciso avançar no levantamento geotécnico e aumentar a capacidade de previsão com a instalação de novos pluviômetros.

O levantamento geológico das áreas de risco é uma das maiores preocupações do MCTI. Isso porque o serviço esbarra na falta de profissionais qualificados para o detalhamento do solo e encostas desses locais. Em entrevistas a veículos de comunicação, Mercadante chegou a declarar que não há como resolver esse problema em curto prazo. 

A integração de sistemas de alerta municipais e estaduais com o federal também está presente na lista que será entregue ao novo ministro. A ideia do governo é que em cada cidade com áreas de risco haja um sistema de alerta. “Hoje, temos centro de monitoramento lá no Espírito Santo, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, trabalhando de forma integrada e com capacidade de se deslocar rapidamente para áreas com potencial de serem afetadas por desastres naturais nesses Estados”, avaliou Mercadante.

 O Cemaden

O centro, que começou a ser implantado em julho de 2011, fica no campus do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e opera em esquema de plantão (24 horas) desde dezembro.  A função é emitir alertas sobre a iminência de deslizamentos, enxurradas e inundações em quatro níveis de risco (leve, moderado, alto e muito alto), subsidiando o Sistema Nacional de Defesa Civil.

Até o momento foram investidos cerca de R$ 13 milhões no Cemaden, onde trabalham hoje cerca de 80 pessoas. Nesta época do ano, o foco principal está no Sul-Sudeste, mas o monitoramento em outras regiões do país é constante, segundo o MCTI. Entre abril e agosto, as atenções serão voltadas para o Nordeste por conta da estação chuvosa.

Fonte: Informações do MCTI e Agência Brasil - Gestão C&T - Brasília, 19 a 22 de janeiro de 2011 - Nº 1106 - Ano 11

Publicação 20.01.2012 às 10:37
Fundação de Ciência e Tecnologia
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
E-Mail: cientec@cientec.rs.gov.br - SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Orçamento
Incubadora Sede
Incubadora Sede

Incubadora

O Departamento de Incubadoras e Extensão Tecnológica foi criado em resposta as políticas nacionais de estímulo à inovação com intuito de promover a aproximação e integração da CIENTEC, principal instituição pública de P&D do estado, com o setor produtivo local. A ele está vinculada a incubadora mult...
Acessar o hotsite
Expediente
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
Horário de Atendimento
Sede: das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
Campus: das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00
de segunda à sexta.
Contatos
E-mail: cientec@cientec.rs.gov.br
Fone:
SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Desenvolvido pela PROCERGS