Fundação de Ciência e Tecnologia
Bem-Vindo!
19 de Junho de 2019, 11:21
Siga-nosCientec RSSCientec no Twitter
Página Inicial  >  Notícias  >  Parques tecnológicos discutem
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Notícias

Parques tecnológicos discutem reposicionamento estratégico no Rio Grande do Sul



Com mais de 450 empreendimentos inovadores espalhados pelo país, o segmento de parques tecnológicos e de incubadoras de empresas vive um momento de forte expansão no Brasil. A informação é do presidente da Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), Guilherme Ary Plonski.

De acordo com ele, hoje este setor é responsável pela geração de empregos altamente qualificados e tem totalizado a cooperaçao entre universidades, empresas e institutos de pesquisa, sinergia fundamental para alavancar o desenvolvimento econômico do país.

“Nutrimos negócios inovadores e ajudamos a criar uma geração de empresários que tem a inovação no DNA”, afirmou na última terça-feira (25), durante a abertura do 21º Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas, que acontece até amanhã (28), na capital do Rio Grande do Sul.

Hoje, existem no país 75 parques tecnológicos, responsáveis pela geração de 26,2 mil empregos diretos. O setor gera uma receita de aproximadamente R$ 1,7 bilhão e contribui nas exportações com cerca de R$ 116 milhões.

A área também, segundo Plonski, tem atraído centros de pesquisa e de desenvolvimento e engenharia de classe mundial para o Brasil, além de reter talentos em solo brasileiro. “Estamos avançando vigorosamente no reposicionamento estratégico do movimento. O programa deste seminário foi pensado para ajudar os gestores dos habitats de inovação a refinar as percepções necessárias para frutificar a cooperação com parceiros relevantes”, completou o presidente, que está à frente da associação há dois anos.

Com o tema “Nova Competitividade dos Territórios”, o evento buscou ao longo da semana definir estratégias para promover o desenvolvimento regional e sustentável do Brasil, tendo por diretriz a inovação. Na opinião do diretor técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Carlos Alberto dos Santos, a escolha da temática foi oportuna, pois no atual ambiente macroeconômico existem desafios de maior ordem, que pedem respostas à altura da demanda.

“O crescimento da economia, a forte geração de emprego e renda e o dinamismo do mercado doméstico faz com que aumente consideravelmente a concorrência do mercado, o que mostra que não é mais possível fazer mais do mesmo”, disse. Na avaliação dele, o grande desafio hoje do país não é mais gerar novos postos de trabalho, mas sim vagas com alto valor agregado.

“Temos que criar empregos de alta qualidade, bem remunerados e em empresas que têm possibilidade de crescer. Neste cenário, as incubadoras e os parques tecnológicos podem ajudar muito”, falou. Para se ter uma ideia, somente de 2009 a 2011 foram criados cerca de 24 milhões de postos de trabalho no país, em sua grande maioria em micro e pequenas empresas.

A opinião foi corroborada pelo secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTI, Ronaldo Mota. Para ele, o Brasil é um país assimétrico, pois embora tenha registrado crescimento na produção científica nos últimos anos, não foi capaz de levar esse conhecimento para o mercado na mesma velocidade.

“Para corrigir isso é preciso estimularmos espaços que sejam capazes de promover a transformação do conhecimento em negócio e esses espaços têm dois entes especiais: os parques tecnológicos e incubadoras de empresas. Esta é a base da possibilidade real que o país tem de, além além de crescer, ter um desenvolvimento sustentado que consiga durar por muito tempo, promovendo as mudanças que o país precisa”, concluiu.

Informações sobre a Anprotec podem ser obtidas no site www.anprotec.org.br.

(Cynthia Ribeiro, de Porto Alegre, para o Gestao C&T online)

Publicação 28.10.2011 às 16:41
Fundação de Ciência e Tecnologia
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
E-Mail: cientec@cientec.rs.gov.br - SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Orçamento
Incubadora Sede
Incubadora Sede

Incubadora

O Departamento de Incubadoras e Extensão Tecnológica foi criado em resposta as políticas nacionais de estímulo à inovação com intuito de promover a aproximação e integração da CIENTEC, principal instituição pública de P&D do estado, com o setor produtivo local. A ele está vinculada a incubadora mult...
Acessar o hotsite
Expediente
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
Horário de Atendimento
Sede: das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
Campus: das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00
de segunda à sexta.
Contatos
E-mail: cientec@cientec.rs.gov.br
Fone:
SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Desenvolvido pela PROCERGS