Fundação de Ciência e Tecnologia
Bem-Vindo!
19 de Junho de 2019, 11:22
Siga-nosCientec RSSCientec no Twitter
Página Inicial  >  Notícias  >  Cinco APLs já estão adaptados
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Notícias
Encontro na Capital debateu Sustentabilidade Ambiental na Política Industrial
Encontro na Capital debateu Sustentabilidade Ambiental na Política Industrial - Foto: Luiz Otávio Rodrigues/AGDI

Cinco APLs já estão adaptados ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos

 

Integrar as ações de sustentabilidade ao desenvolvimento regional é um dos principais desafios de empresas, poder público e da sociedade como um todo. Algumas das iniciativas para se alcançar melhores resultados nesse sentido foram apresentadas no evento Sustentabilidade Ambiental na Política Industrial, promovido pela Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento, nesta terça-feira (9), no auditório do Banco Regional de Desenvolvimento Regional, BRDE.

“A união de esforços de instituições envolvidas com o desenvolvimento nas regiões é fundamental para consolidação de projetos sustentáveis que dialogam com desenvolvimento econômico. Empresários, instituições de ensino, como as universidades e governos, em conjunto com entidades como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), devem caminhar juntos para alcançarmos mais resultados que gerem desenvolvimento, negócios e respeito ao meio ambiente”, avalia o diretor presidente da AGDI, Ivan de Pellegrin.

No evento, também foram apresentados resultados do projeto Simbiose Industrial, executado pela AGDI, de forma piloto em cinco Arranjos Produtivos Locais. “Com o projeto Simbiose Industrial, o que é lixo para uma empresa pode ser matéria-prima para outra. Com isso, são gerados negócios e ainda se contribui com a preservação dos bens naturais. Os cinco Arranjos Produtivos Locais que estão dentro desse projeto já estão integrados à dinâmica do Plano Nacional dos Resíduos Sólidos federal. Ou seja, estão mais adiantados nesse processo que a grande maioria dos municípios brasileiros.”, afirma o diretor de Produção e Inovação da AGDI, Sérgio Kapron.

A engenheira química e coordenadora do projeto Simbiose do Centro Nacional de Tecnologia Limpas do Senai, Joseane Oliveira, apresentou o software que administra dados da execução do projeto Simbiose junto aos APLs. Na interface, por meio de sistemas de georreferenciamento, há dados como os resíduos ofertados e procurados pelas empresas, estabelecendo uma plataforma de negócios. Além disso, a ferramenta serve para auxiliar municípios, empresários e universidades a terem um cenário amplo e detalhado dos resíduos gerados, podendo acompanhar seu ciclo, oportunizando uma base de dados para governos e outras instituições avançarem no desenvolvimento sustentável.

Os cinco APLs que estão dentro do projeto Simbiose Industrial são Pedras, Gemas e Joias da Serra do Botucaraí, Metalmecânico Pós-Colheita do Noroeste Colonial, Metalmecânico e Automotivo da Serra, Polo de Moda da Serra e Moveleiro da Serra. Foram executados R$ 912 mil na implementação dessa política.

Também foram apresentados no evento os resultados do Programa Setorial Reciclagem e Despoluição, instituído e coordenado pelo BRDE ao longo de 2014, em parceria com a Fundação Empresa-Escola de Engenharia da UFRGS, que realizou uma avaliação do mercado de prestadores de serviços ambientais (PSAs) de empresas produtoras de resíduos (EPRs) no eixo Porto Alegre – Caxias do Sul (RS). O projeto envolveu mais de 130 empresas.

Dentro do Projeto Extensão Produtiva e Inovação, o evento tratou do subprojeto Produção Mais Limpa, que se concentra em identificar oportunidades que possibilitem maior eficiência no uso das matérias primas, água e energia, reduzindo a geração de resíduos e dessa forma aumentando a competitividade e sustentabilidade das indústrias atendidas. 

Texto: Josias Bervanger
Edição: Redação Secom 

 

Publicação 10.12.2014 às 09:51
Fundação de Ciência e Tecnologia
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
E-Mail: cientec@cientec.rs.gov.br - SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Orçamento
Incubadora Sede
Incubadora Sede

Incubadora

O Departamento de Incubadoras e Extensão Tecnológica foi criado em resposta as políticas nacionais de estímulo à inovação com intuito de promover a aproximação e integração da CIENTEC, principal instituição pública de P&D do estado, com o setor produtivo local. A ele está vinculada a incubadora mult...
Acessar o hotsite
Expediente
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
Horário de Atendimento
Sede: das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
Campus: das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00
de segunda à sexta.
Contatos
E-mail: cientec@cientec.rs.gov.br
Fone:
SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Desenvolvido pela PROCERGS