Fundação de Ciência e Tecnologia
Bem-Vindo!
25 de Maio de 2020, 07:14
Siga-nosCientec RSSCientec no Twitter
Página Inicial  >  Notícias  >  Gaseificação e o carvão minera
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Notícias

Gaseificação e o carvão mineral gaúcho


A gaseificação do carvão é a alternativa viável para o aproveitamento do mineral abundante no Rio Grande do Sul, podendo resultar em diversas vantagens econômicas e sociais. O escopo da proposta de estudos encaminhada pela Companhia Riograndense de Mineração (CRM) ao governo do Estado pretende provocar um processo de transformação na Região Carbonífera para geração de emprego, renda e desenvolvimento. O projeto servirá para direcionar a aplicação da tecnologia, já largamente utilizada em diversos países, para apontar as melhores aplicações ao carvão gaúcho, seja para a geração de eletricidade, gás natural, fabricação de combustíveis líquidos ou fertilizantes.

Tendo como principais componentes o hidrogênio e o monóxido de carbono, o gás de síntese gerado é o ponto de partida para diversos produtos, podendo gerar simultaneamente mais de um derivado. Merecem destaque os fertilizantes nitrogenados, criados a partir do metanol, amônia e uréia. A conversão em hidrocarbonetos abre caminho para a geração de combustíveis para os diversos modais de transporte, inclusive para aviação. E a geração térmica, através do ciclo combinado, possibilita a produção de energia com a remoção prévia do dióxido de carbono.

O processo tem menores custos operacionais, acrescentando valor agregado aos subprodutos gerados, como enxofre e ácido sulfúrico, que são comercialmente viáveis. As grandes reservas do Estado ressaltam boas possibilidades para o carvão tornar-se até mais atrativo financeiramente que o gás natural proveniente do gasoduto Bolívia-Brasil. Além disso, respeita as regulamentações ambientais vigentes, e os níveis de emissões são ínfimos.

Muitos afirmam que o carvão é uma das maiores riquezas de nosso Estado, porém, esta realidade só se confirma quando retirado do solo e transformado em energia. Ao apontar novos rumos à produção do mineral, abrem-se possibilidades a um importante retorno econômico e social em termos de energia limpa, abundante e economicamente viável. O carvão gaúcho tem grandes possibilidades de protagonizar uma nova realidade econômica e com maior sustentabilidade ambiental.

Presidente da Companhia Riograndense de Mineração

 

Artigo:Elifas Simas

Fonte:Jornal do Comércio, Artigo Notícia da edição impressa de 30/01/2014,Porto Alegre, quinta-feira, 30 de janeiro de 2014. Atualizado às 11h13.

Publicação 30.01.2014 às 11:16
Fundação de Ciência e Tecnologia
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
E-Mail: cientec@cientec.rs.gov.br - SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Orçamento
Incubadora Sede
Incubadora Sede

Incubadora

O Departamento de Incubadoras e Extensão Tecnológica foi criado em resposta as políticas nacionais de estímulo à inovação com intuito de promover a aproximação e integração da CIENTEC, principal instituição pública de P&D do estado, com o setor produtivo local. A ele está vinculada a incubadora mult...
Acessar o hotsite
Expediente
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
Horário de Atendimento
Sede: das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
Campus: das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00
de segunda à sexta.
Contatos
E-mail: cientec@cientec.rs.gov.br
Fone:
SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Desenvolvido pela PROCERGS