Fundação de Ciência e Tecnologia
Bem-Vindo!
13 de Dezembro de 2019, 12:31
Siga-nosCientec RSSCientec no Twitter
Página Inicial  >  Notícias  >  ONU aprova criação de platafor
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Notícias

ONU aprova criação de plataforma da biodiversidade


A Plataforma Intergovernamental para Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES, na sigla em inglês) teve a sua criação aprovada no sábado (21). O painel intergovernamental terá a função de fazer com que o conhecimento científico acumulado sobre biodiversidade seja sistematizado para dar subsídios a decisões políticas em nível internacional.

A sede do IPBES será instalada na cidade de Bonn (Alemanha). De acordo com o conselheiro científico do Departamento para o Meio Ambiente, Alimentos e Negócios Rurais do Reino Unido, Robert Watson, o IPBES se estabelecerá como uma nova plataforma, reconhecida tanto por cientistas como por gestores.

“A biodiversidade venceu. Mais de 90 governos estabeleceram com sucesso a interface entre a ciência e a política pública para todos os países. A biodiversidade e os serviços ecológicos são essenciais para o bem-estar da humanidade. Essa plataforma irá gerar conhecimento e nos dará capacidade de protegê-los para as gerações futuras”, afirmou Watson. Apenas Bolívia, Egito e Venezuela deixaram de assinar o acordo.

Segundo a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Irina Bokova, a criação do IPBES é um forte sinal de que há um progresso significativo no que diz respeito à conservação da biodiversidade. “Espero que esse órgão permita que a biodiversidade seja levada em conta nas estratégias de desenvolvimento sustentável. A perda de biodiversidade é um indicador importante das mudanças que estão afetando o planeta”, afirmou.

O documento que cria o IPBES foi assinado durante uma reunião da ONU no Panamá. Entre as funções centrais da plataforma intergovernamental estão: identificar e priorizar a informação científica necessária para as políticas públicas; realizar avaliações regulares do conhecimento sobre a biodiversidade e os serviços ecológicos e suas interligações; e apoiar a formulação e a implementação de políticas ao identificar ferramentas e metodologias relevantes.


Informações sobre o assunto estão disponíveis no site http://www.ipbes.net/

Fonte: Informações da Fapesp - Gestão C&T - Brasília, 26 a 29 de abril de 2012 - Nº 1135 - Ano 11

Publicação 27.04.2012 às 11:28
Fundação de Ciência e Tecnologia
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
E-Mail: cientec@cientec.rs.gov.br - SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Orçamento
Incubadora Sede
Incubadora Sede

Incubadora

O Departamento de Incubadoras e Extensão Tecnológica foi criado em resposta as políticas nacionais de estímulo à inovação com intuito de promover a aproximação e integração da CIENTEC, principal instituição pública de P&D do estado, com o setor produtivo local. A ele está vinculada a incubadora mult...
Acessar o hotsite
Expediente
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
Horário de Atendimento
Sede: das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
Campus: das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00
de segunda à sexta.
Contatos
E-mail: cientec@cientec.rs.gov.br
Fone:
SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Desenvolvido pela PROCERGS