Fundação de Ciência e Tecnologia
Bem-Vindo!
15 de Setembro de 2019, 03:40
Siga-nosCientec RSSCientec no Twitter
Página Inicial  >  Notícias  >  Os semicondutores na raiz da i
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Notícias

Os semicondutores na raiz da inovação


Queremos transformar as terras gaúchas em um Vale do Silício, a exemplo do bem-sucedido na Califórnia? Por um lado, há a retomada no RS de uma agenda importante de investimentos em ciência e tecnologia, buscando agregação de alto valor para a sociedade. Por outro, o estabelecimento de focos estratégicos e prioritários para o crescimento, pela recente publicação das políticas industriais, contemplando evoluções da economia tradicional e da chamada nova economia.

Como forte indutor, observamos sinergia entre algumas ações políticas em níveis federal e estadual. É o caso da indústria de semicondutores. O governo federal lançou, em 2008, o Programa de Apoio à Indústria de Semicondutores (Padis). Ele tem trazido recursos importantes para o Brasil com a intenção de consolidar tal indústria, tentando recuperar o recuo que marcou a década de 90, com o fim da reserva de mercado, e o grande déficit atual da balança comercial de eletroeletrônicos, em última análise, de semicondutores. O Padis implica basicamente duas ações: incentivos fiscais para atração empresarial e, associado a isso, investimento para pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Os semicondutores são fundamentais na nova economia do século 21. Está aí o fato de se digitalizar simplesmente tudo, de nos conectarmos com qualquer lugar do planeta por meio de uma diversidade de mídias, como telefones celulares, computadores, televisores, tablets e assim cada vez mais intensivamente. E sabe-se lá o que um jovem pesquisador asiático ou americano (ou, com minha pretensão, um jovem gaúcho) está desenvolvendo como um impressionante novo produto deste século?

Embora já haja investimentos para transformar o RS em um Vale do Silício regional, eles ainda são tímidos para a estruturação de uma rede robusta e mundialmente competitiva. Há diversos gargalos hoje e daqui para frente que devem ser resolvidos, de infraestrutura à dificuldade de financiar a inovação. Os sul-coreanos corroboram a ideia de Einstein: “Para ter sucesso e genialidade, são 10% de inspiração e 90% de transpiração”. E completam: “É preciso transpirar para inovar, é preciso ter produtividade”.

Sim, as terras gaúchas têm enorme potencial para criar um vale competitivo! Mas como? Quando? O fato é que todas as perguntas nos remetem a mostrar nossas competências para o Brasil e mundo afora com nosso olhar estratégico. É chegada a hora. Precisamos mostrar que somos capazes de competir. Há muito a ser feito.

Texto: Cristiano Richter
Professor e diretor de Desenvolvimento e Expansão da Unisinos

Fonte: ZERO HORA - 13 de abril de 2012 - N° 17038 - Pag. 21

Publicação 17.04.2012 às 11:30
Fundação de Ciência e Tecnologia
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
E-Mail: cientec@cientec.rs.gov.br - SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Orçamento
Incubadora Sede
Incubadora Sede

Incubadora

O Departamento de Incubadoras e Extensão Tecnológica foi criado em resposta as políticas nacionais de estímulo à inovação com intuito de promover a aproximação e integração da CIENTEC, principal instituição pública de P&D do estado, com o setor produtivo local. A ele está vinculada a incubadora mult...
Acessar o hotsite
Expediente
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
Horário de Atendimento
Sede: das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
Campus: das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00
de segunda à sexta.
Contatos
E-mail: cientec@cientec.rs.gov.br
Fone:
SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Desenvolvido pela PROCERGS